Dicas

Uma casa de Ibizan com uma decoração tranquila

Uma casa de Ibizan com uma decoração tranquila

A riqueza natural e a beleza indescritível do meio ambiente simplificaram bastante A abordagem decorativa desta casa de Ibizan localizado no parque natural de Las Salinas. Cercado por uma flora exclusiva da região, devido em parte ao clima e à presença constante de sal. a casa emerge caiada e simples entre a vegetação exuberante em um desejo claro de se misturar com a paisagem idílica que a cerca. Concebida principalmente para o resto do verão de toda a família, a casa, inspirada no arquitetura tradicional das Baleares, exibe áreas externas projetadas e organizadas como um espaço para reuniões ao ar livre; Um sucesso durante os meses quentes de verão.

O conceito decorativo do interior destaca-se pelo seu caráter marcante Funcional, fresco e, acima de tudo, muito aconchegante. Sem artifícios ou contrastes de cores, um triunfo vence design de interiores à base de barro, madeira, fibras naturais e tecidos brancos de algodão na busca constante de descanso. A distribuição da casa é, igualmente, simples e prática, com a ausência de recessos e um pequeno corredor, com a intenção de conseguir espaços confortáveis ​​que não davam trabalho, fáceis de manter em ordem. Nesse sentido, foi criado um amplo ambiente que engloba todas as áreas comuns com uma simplicidade natural muito bem pensada.

A localização privilegiada da casa e os maravilhosas vistas do mar Eles impulsionaram uma decoração despretensiosa também nos quartos. Eles destacam materiais nobres, tecidos de algodão branco e objetos simples como um meio de manter a conexão com o exterior sem distrações. O uso de móveis de trabalho caiados de branco, tão típicos dos Pitiusas, garantiu a amplitude visual nos quartos - onde os armários de trabalho eram feitos com cortinas como uma porta - e no único banheiro da casa, com móveis. trabalho sob a bacia absolutamente integrado.

CHAVES DO ESTILO
- O uso dos mesmos materiais e acabamentos idênticos, era essencial integrar no mesmo espaço a área de estar, a sala de jantar e a cozinha. Além disso, a escolha do branco como protagonista em paredes, tetos e frentes de eletrodomésticos permitiu refrescar o ambiente e unificar as diferentes peças e acessórios.
- A cozinha aberta Foi um sucesso que expande visualmente o espaço. Sua decoração, baseada em acessórios domésticos e artesanato, como cestas, torna-se um complemento ao mobiliário geral. Sua localização conecta a casa com o ambiente e garante a presença da natureza.

Publicidade - Continue lendo abaixo Reunião ao ar livre

Embora a estrutura original da casa já tivesse um alpendre próximo à entrada, a área de sombra foi ampliada graças a uma estrutura de madeira e obstáculos e à extensão do piso de cimento polido. O clima ameno da região permite que você aproveite longos períodos deste lounge ao ar livre.

Almofadas por Lapety. As cadeiras e a mesa da forja são antigas.

Portas externas

A organização da casa e o jardim apostam em todos os momentos para a plena conexão com a natureza, daí a conservação da vegetação nativa. De acordo com essa idéia, a cerca que delimita a casa e a porta de entrada se misturam completamente com o ambiente, integrando a bela paisagem ao terreno.

Espaços ao ar livre

Para transformar um ambiente de jardim em uma verdadeira sala de estar, ele deve ser decorado e organizado como se fosse o interior: sofás angulares confortáveis, uma grande mesa de café, almofadas e mantas coordenadas e detalhes decorativos.

Ornamentos naturais

A proximidade do mar e da própria natureza torna inevitável o uso de alguns de seus recursos como detalhes decorativos; conchas, toras ou
A areia da praia enriquece o espaço.

Calm Interiors

A área de estar se destaca por sua simplicidade de sucesso, graças a uma decoração à base de branco e madeira. O toque vintage é colocado pelas cadeiras de metal envelhecidas.

Em constante equilíbrio

Móveis e detalhes tão díspares quanto decorativos complementam-se perfeitamente enquanto usam acabamentos diferentes. Nada vai combinar ou coordenar, mas tudo se encaixa maravilhosamente no mesmo espaço. A continuidade do piso de lama em direção à varanda promove a comunicação com o exterior.

Mesa de centro, banqueta e banqueta em forma de escada, de Carina Casanovas. Carpete e, sobre a mesa, tijolos feitos à mão; Tudo de Lapety.

Que harmonia!

Como complemento, neste design de interiores simples, as fibras vegetais, tão típicas da ilha, e a presença de um grande tapete listrado de vermelho como o único detalhe de cor triunfam.

Tapete e lebrillos, por Lapety. Mesa de centro, castiçal com chapéus e banco, de Carina Casanovas

Detalhes com carimbo pessoal

Colares, chapéus, lenços ... seus acessórios ou peças de vestuário mais preciosas podem trazer esse ar peculiar e necessário para completar sua casa. Aposte neles! Nesta foto, você pode ver a presença importante de materiais naturais, uma característica que desfoca as bordas com o exterior.

Móveis funcionais

Eles são perfeitos para uma segunda casa e, melhor ainda, se cumprirem uma função dupla. É muito bem sucedido, por exemplo, a idéia deste banco de escada de madeira como uma pequena estante.

Simplicidade

A simplicidade é uma vantagem neste projeto. O conforto não está em desacordo.
Aparador adquirido em uma loja de antiguidades na ilha. Sobre ele, o trabalho de Tàpies. Cesta de fibra lapety. Mesa de centro, de Carina Casanovas.

Tudo à vista

Os complementos e acessórios da cozinha e da sala de jantar ou da área de estar foram mantidos à vista, tornando-os elementos decorativos e funcionais ao mesmo tempo.

Perfeito

Com luz natural, vistas exteriores e com todo o tempo à frente para desfrutar. Apenas assistindo essa foto de estar relaxado.

Cozinha integrada

A simplicidade das receitas de verão inspirou essa culinária tão flertante quanto reduzida, mais do que suficiente para refrescar refeições e jantares com os amigos. As prateleiras de madeira natural ganham mais espaço para guardar utensílios e acessórios.
A mesa é antiga e as cadeiras foram compradas em uma feira de antiguidades. A sala de jantar delimita e favorece a transição entre os ambientes. Nas prateleiras, cestas e pedaços de barro, da Lapety.

Reflexões de metal

O calor dos móveis de madeira maciça natural é complementado lindamente com peças de metal com acabamento envelhecido; Nesse caso, cadeiras antigas são o recurso ideal para atualizar o ambiente no ponto certo.

Quarto pessoal e tranquilo

Pequenos detalhes atemporais dão personalidade ao quarto principal; uma luminária pendente de ferro e vidro, cortinas de linho vaporosas ou uma manta de ar exótica são algumas das peças que definem o espaço.

Cortinas antigas de uma herança de família. Banco de madeira, de Carina Casanovas.

Noites em branco

A simplicidade decorativa é a constante no quarto principal, onde o branco foi escolhido absolutamente para tudo. Nem o armário rompe com essa tendência, pois é um modelo de trabalho caiado de branco. É um recurso que aprimora a luz natural e a sensação de espaço.

Lâmpada de flor lapety. A tabela é de Carina Casanovas.

Cores sempre suaves

A escolha de uma determinada gama de cores na decoração afeta igualmente as pinturas que adornam a casa, portanto, neste caso, escolhemos óleos em tons terrosos, decorativos e calmos.

Bem aproveitado

Devido ao pequeno tamanho do único banheiro da casa, foi escolhida a presença de móveis de trabalho caiados de branco que, pintados da mesma forma que a parede, são mais bem integrados que os modelos isentos.

Bench, de Carina Casanovas. Toalhas de fio lapety.

Plano de distribuição

De piso alongado, esta casa fica com um espaço comum - com sala de estar, sala de jantar e cozinha -, dois quartos independentes e um banheiro.