Dicas

Uma casa para morar em repouso

Uma casa para morar em repouso


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Nesta casa, de nova construção, localizado em um urbanização de El Port de la Selva, Gironaexistem janelas grandes Eles oferecem uma visão invejável do meio ambiente. A seu favor, o terreno com declive sobre o qual se assenta, dividido em três terraços, e o excelente trabalho da Martí & Sardà Arquitectes estudam, o rigger Sergi Monterde e a empresa Construcciones Porfit. No nível mais alto é a casa, com um esplêndido terraço que atravessa toda a fachada principal; nesse ínterim, um solário em parquet com piscina e no inferior, um olival.
O projeto destaca a planta, que quebra sua forma linear para aproveitar melhor as vistas e obter maior privacidade em relação aos edifícios vizinhos; uma mudança que também traz algum movimento para a habitação. Quanto ao interior, a distribuição se adapta às necessidades da família proprietária, um casal com três filhos. O espaço foi organizado em torno de uma ampla sala de estar, com cozinha integrada. Na sala de estar, você pode acessar diretamente o quarto principal, com banheiro e, do lado oposto, um amplo corredor começa, o que leva a mais três quartos e um segundo banheiro. A ausência de armários nessas salas se deve a uma simples razão: que todos tinham vista e que a partir das três horas o terraço era acessado.
Os quartos são projetados apenas como ambientes de descanso, enquanto o corredor é otimizado com vários guarda-roupas embutidos. O proprietário estava encarregado da decoração, um verdadeiro apaixonado pelo assunto.
Na sala, ele criou um ambiente familiar, com seu próprio estilo e boas idéias. Surpreso como ele organizou estar em torno de duas mesas de centro circulares e um tapete desbotado em tons de azul com efeito vintage, que reúne um sofá com chaise longue, duas poltronas e três pufes. Ele também tocou com o contraste do claro-escuro.
O sofá traz clareza e sua luminosidade é aprimorada, especialmente com a parede de fundo, com painéis em cinza antracite. Por sua vez, essa cor está presente no par de poltronas e nos móveis de cozinha, que é a cor dominante. Para o quarto, optou pela naturalidade dos tons tostados e deixou nos juvenis, que a cor da roupa de cama tinha mais presença, para obter uma vantagem de vitalidade. Lá fora, no solário e na piscina, projetada como uma piscina e à beira da encosta, sem alterar a paisagem, reina a calma.

Publicidade - Continue lendo abaixo Uma casa com excelentes vistas

A casa foi projetada com grandes janelas e acesso direto a um grande terraço elevado, antes do banco onde a piscina foi construída. Em contraste com a fachada branca, com linhas limpas e retas, a mistura quente de texturas da carpintaria de ripas, a parede de pedra e o parquet. Espreguiçadeiras, do mercador de Veneza. Lanternas, da loja Índia e Pacífico.

Área da piscina para relaxar

A piscina, alongada e estreita, lembra uma piscina que, sem alterar a paisagem, traz uma sensação de frescura. A partir daqui, na beira da encosta natural da trama, você desfruta de vistas privilegiadas dos arredores.

Uma sala conectada ao exterior

Uma grande janela na sala de estar permite uma vista panorâmica da paisagem, inunda o interior com luz natural e funde-o com o exterior. A sensação de espaço aumenta com a distribuição diáfana da sala de estar, onde a cozinha e a sala de jantar dividem espaço. Sofá, do comerciante de Veneza. Tabelas, de Coco-Mat. Pufe grande, da Cado. Tapete de Luzio.

Uma parede se destaca em cinza antracito

Um painel escuro na parede da sala que recebe mais luz evita o brilho. Esse sucesso também traz uma vantagem no estilo de decoração. À esquerda, a porta que leva ao quarto principal. Poltronas, do comerciante de Veneza. Flexo, de Artemide. Luminária de pé, da Pilma, com abajur branco. Móveis baixos, de madeira, de Terra Estranha. Almofadas: rosa, de Lu Ink e bege, de Filocolore.

Uma sala de jantar ao ar livre

Fora da casa, esta sala de jantar ao ar livre evoca a simplicidade da vida no campo. Entre as oliveiras, na parte inferior do terreno, mantém a conexão visual com a construção, embora pareça estar fora dela. Toalha de mesa, da Índia e Pacífico. Tigelas de vime, do comerciante de Veneza. Almofadas brancas, de Coco-Mat.

Sala de jantar king size

É iluminado por duas lâmpadas que, com telas colossais, ampliam esse espaço, sem recarregá-lo. Além disso, são proporcionais à mesa de madeira extra longa, feita sob medida. Lâmpadas, de Santa & Cole. Mesa feita sob encomenda e bancos de La Bòbila. Nele, tecido, de Lu Ink. Almofadas Bege, da Coco-Mat. Cadeiras diretor, à venda em Pilma.

Linhas purificadas na cozinha

Aberta à sala de estar, a cozinha foi projetada com armários macios, para manter a estética atual da sala. Uma vantagem do estilo: o cinza metálico das lâmpadas, em harmonia com o aço inoxidável. Bell de Frecan. Geladeira, da Smeg.

Harmonia cromática na cozinha

A frente da cozinha e da pia estava protegida com um painel da mesma cor dos armários. Com esta unidade de cores, a cozinha ganha mais peso e relevância visual, mesmo que concentrada em uma única parede. Cozinha, fabricada pela Construcciones Porfit, em laminado laminado e com bancada em aço inoxidável. Bell, da empresa Frecan. Prato de cozinha, Foster. Forno Siemens.

A distribuição da cozinha

Entre a cozinha e a sala de jantar, paralelamente, há uma passagem larga que torna a circulação mais fluida. Ao lado da geladeira, um guarda-roupa embutido, do chão ao teto, é útil como despensa e aparador. A partir daqui, um corredor começa, equipado com mais armários, o que leva aos quartos. Geladeira, da Smeg. Tapetes, da Zara Home, em fibra natural.

Um quarto sem aditivos

A decoração do quarto em tons castanhos se harmoniza com o carpete de fibra natural e o piso de carvalho. O ambiente, muito natural, adquire um ar mais feminino e retrô, com pinceladas empoeiradas de rosa. Cabeceira, por Gemma Povo, em ferro forjado. Roupa de cama, da Filocolore. Poltrona, da Índia e do Pacífico, em couro. Luminária de pé, da Pilma. Cortinas feitas por Cortinova.

Atmosfera relaxante no banheiro

A madeira e o estuque das paredes, com sua textura e sua variedade de tons, proporcionavam ao banheiro uma dose extra de calor, perfeita para neutralizar o design refinado da pia montada na parede, com torneira embutida. Revestimento revestido, da Weber, aplicado por Porfit Construções. Chuveiro Hansgrohe.

Quarto da juventude muito funcional

O rodapé de madeira é, além de um prático protetor de parede, uma cabeceira ultra-quente, que abriga duas camas, conectadas e alinhadas, para otimizar o espaço. Colchas brancas e verdes, almofada com letras e quadrante, da Filocolore. Edredão impresso, de Luzio. Almofadas: bege, da Índia e Pacífico; e fúcsia, do El Corte Inglés. Mesa by Ikea. Cortinas, de Cortinova. No chão, almofadas, da Coco-Mat.

Plano e distribuição de moradias

- O uso da cor como um elo entre ambientes e um elemento-chave para dar coesão à sala de estar. Neste espaço, diáfano e com uma cozinha integrada, uma das paredes, com uma porta incluída, é revestida de cinza antracito. Com a mesma cor, o estofamento de duas poltronas na sala de estar, a tela das cadeiras do diretor na sala de jantar e todos os móveis da cozinha foram escolhidos.
- O compromisso com as lâmpadas da sala de jantar é uma lição de estilo. Em cinza metálico e com um design de telas sobrepostas com efeito moiré, elas se harmonizam com bancada e eletrodomésticos.